Página 1 de 1

Street Twin impressões

MensagemEnviado: 02 Mai 2016 12:21
por pablogram
Fiz o test-ride na Street twin no sábado aqui em Brasília e queria falar a respeito por aqui.
A moto parece ser muito mais leve e responsiva que a T100, dá a impressão de ser mais forte na maior parte das faixas de rotação, mas corta o giro bem mais cedo.
As marchas são mais longas que a T100, confesso que tinha ficado decepcionado por ela também ter só 5 marchas (A T100 passa a sensação de que falta uma 6ª) mas depois de rodar achei que o câmbio é adequado devido à elasticidade do motor combinado com um câmbio mais longo.
A manobrabilidade dela é melhor que a T100, sendo fácil fazer curvas em baixa mantendo o controle, no test ride não deu pra avaliar curvas em alta velocidade. Quando a gente senta nela parece estar numa 250 até começar a acelerar. Acho que ela também permite deitar mais que a T100, mas isso foi impressão olhando a moto de perto só, não testei.
Fiquei triste com o tanque menor (12 litros), a Bonnie tinha por característica ser uma moto extremamente versátil, sendo ótima na cidade e adequada para viagens, mas essa redução do tanque pode prejudicar um pouco em viagens.
Ao final achei uma moto com proposta bem diferente da T100. Enquanto o modelo anterior era uma moto clássica com algumas modernidades (injeção, freios a disco, chassi moderno) o novo modelo parece ser uma moto contemporânea com alguns toques retrô. Ficou uma moto mais urbana também, com tanque pequeno e manobrabilidade excepcional.

Re: Street Twin impressões

MensagemEnviado: 16 Mai 2016 22:16
por Olive
Boa noite. Quero agradecer pela oportunidade de participar do forum e relatar, neste primeiro contato, que comprei a Street Twin há uma semana. Há mais de 30 anos sem montar numa moto e no alto dos meus 166cm de altura, queria uma moto pra fazer viagens curtas mas que fosse fácil para um piloto sem experiência reiniciar a carreira. Poucos quilômetros na moto e já parece que somos amigos íntimos há anos. É inacreditável a docilidade na condução, embreagem macia, câmbio preciso e acelerador milimétrico... Estou sem palavras... Rodei pouco ainda, uns 100km, metade na estrada. Vibra muito pouco até uns 100km/h (ainda não passei disso). Também preciso relatar um aborrecimento: na estrada, 80km/h, o acelerador parou de responder, como se tivesse dado uma "engasgada" mas sem dar arrancos; luz vermelha do óleo acessa, percebi que o motor parou (não sei se a luz acendeu antes ou depois de o motor desligar). Parei no acostamento, e agora?. Dei partida, a moto pegou e sem luz vermelha no painel. Andei mais alguns quilômetros e aconteceu de novo. Consegui chegar no embalo em um posto de gasolina e decidi que iria chamar o guincho. Marcador de gasolina com 3/4 de tanque, autonomia uns 250km ainda. Achei que tinha óleo naqueles dissipadores de calor do motor perto da saída do escapamento. Liguei no 0800 da Triumph e fui muito bem atendido, o guincho levou 2 horas mas chegou (eu estava há 30 km de onde ele saiu). Hoje ligaram da concessionária: pane seca! Deus te ouça, eu disse ao mecânico, mas então conserte o marcador de combustível! Fiquei aliviado e nem um pouco envergonhado - aviões já caíram por falta de gasolina...- Aprendi minha primeira lição depois de 30 anos: não confie em marcadores de combustível de motos.

Re: Street Twin impressões

MensagemEnviado: 17 Mai 2016 19:35
por Micuim
@Olive,
Mas você pegou a moto na Triumph e saiu rodando sem abastecer?

Re: Street Twin impressões

MensagemEnviado: 17 Mai 2016 22:16
por Olive
Sim, o marcador indicava tanque quase cheio e no CB autonomia de quase 300km. Acreditei no que vi e parece que acreditei em Papai Noel também: ingenuamente pensei que tinham enchido o tanque para fazer uma graça. Em casa, quando dei uma balançada na moto para tentar ver o nível de água no reservatório, lembro de ter ouvido aquele barulhinho da gasolina chacoalhando no tanque. Não consegui imaginar que o marcador pudesse estar estragado.

Re: Street Twin impressões

MensagemEnviado: 20 Mai 2016 15:53
por Bin
Kkkkkk, quando comprei a minha Daytona, o cara da loja disse: "tem uns 2 litros..."
Pensei, beleza, dá pra chegar no posto. Andei 4 quarteirões e tive que empurrar até o posto rsrs

Re: Street Twin impressões

MensagemEnviado: 10 Jun 2016 22:22
por Kteixeirao
Tenho uma thruxton, a street Twin realmente ficou linca, porém com o detalhe que o pablogram falou, parece uma moto contemporânea com toques retrô, ficou bem na linha da Ducati Scrambler, mesma "carinha" de moderna com detalhes retrô.
Mas pelo o que tudo indica a "cereja do bolo" é a T120, mantém a pegada vintage de verdade, tanque maior: 14,36 litros (3.8 galões de gasolina americanos), ainda assim é menor que da Thruxton que tem 16 litros. acho que a autonomia vai ficar nos 250km no máximo. Satisfaz o público saudosista e ainda traz toda a modernidade do freio ABS, controle de tração, manopla aquecida, etc, etc etc. Porém com o salgado preço de 42.500,00 Temers. Da pra comprar um série de motos legais com isso, em se pensando em motos Zero KM, se formos falar de semi-novas então, vixi, muitas opções. Mas enfim, só saio das clássicas pra uma Big Trail pra fazer viagens longas, mas isso é outra história e pra outro fórum. rsrsrs.
Resumo: Quem quer um pouco mais que a t100 oferecia é melhor esperar a t120.

Re: Street Twin impressões

MensagemEnviado: 11 Jun 2016 01:56
por Presidente
Bin escreveu:Kkkkkk, quando comprei a minha Daytona, o cara da loja disse: "tem uns 2 litros..."
Pensei, beleza, dá pra chegar no posto. Andei 4 quarteirões e tive que empurrar até o posto rsrs


:lol: :lol: :lol: